sábado, janeiro 16, 2010

O quão especial

Quando era pequenina lembro-me de o meu pai me dizer o quão especial eu era.
A dada altura lembro-me das palavras dele e sorrio.
Gostava de hoje lhe poder perguntar o que é que ele queria dizer com aquilo.
Ao longo destes anos, algumas pessoas, as que eu amei e as que me amaram, também me chegaram a dizer o quão especial eu era.
Por alguma razão, parece-me que só a primeira pessoa que me disse o quão especial eu era é que realmente sentia o que dizia.
Como eu gostava de lhe perguntar o que é que ele queria dizer com aquilo.




Sou uma pessoa que se alimenta de memórias porque não me resta mais nada do que memórias daqueles que me amaram e que eu amei. E vos garanto que tenho memórias mais preciosas do que algumas pessoas têm em vivências no dia-a-dia.
Uma das mais preciosas que guardo é a das noites em que adormecia ao ouvir a música que o meu pai dizia ser feita "para a menina dos meus olhos".

«Little Darling, it's been a long cold lonely winter
Little Darling, it feels like years since it's been here
Here comes the sun,
Here comes the sun and I say
it's all right
»


Na altura eu não fazia ideia do que aquelas palavras queriam dizer, mas hoje sei.
( Ainda que gostasse de lhe perguntar o que é que ele queria dizer com aquilo, parece-me que afinal ele sempre me deixou a resposta.)

7 comentários:

  1. Oh Rita, que post tão lindo :')
    E eu acho-te especial, e sinto-o de verdade <3

    ResponderEliminar
  2. É mesmo verdadeiro. A Katy Perry é assim :D

    ResponderEliminar
  3. Um post mesmo bonito, Rita! :')

    Um beijinho*

    ResponderEliminar
  4. me me me me me mesábado, 16 janeiro, 2010

    ohhhhhhhhhhhhh
    ^^
    *.*
    :)
    <3
    <3
    <3
    <3
    <3

    ResponderEliminar
  5. Esta semana com menos tempo, não vim aqui.
    Hoje, deparo-me com esta publicação.
    Profunda. Com alma. Com amor.

    Beijinho.
    Fátima.

    ResponderEliminar
  6. Para mim serás sempre especial*
    Independentemente do que o futuro nos possa reservar... Mesmo que os nossos caminhos se separem eu não vou por em risco tudo o que significas para mim* Tornaste-te fundamental, essencial na minha vida! Não digas que só tens recordações porque ainda tens muito para viver e espero poder ajudar nessa construção futura* Sabes que apesar de discutir contigo sobre o passado é por gostar de ti e por saber que há momentos em que te vejo realmente feliz! Tu és ESPECIAL e sempre serás! :) Quero ouvir escapar-te as palavras* Ninguém pode subistituir o amor que te deram... Ninguém te pode tirar isso* Estarei aqui para te ouvir, mas ainda mais que isso para qualquer momento da tua vida, seja ele bom ou mau porque no fundo o que nos resta é a compaixão, a humanidade em nós... Se não sentisse isso nao estaria aqui a deixar-te estas palavras a uma hora tão tardia! Estás sempre no meu pensamento e sempre estarás! Como já disse, ninguém sabe o futuro de amanhã, mas eu sei o futuro que estou a construir hoje* Nunca deixes de ser a Rita que és! Beijinho no coração*

    teu,

    Diogo Lima*

    ResponderEliminar